Manifesto LabZat

NO NOSSO ENTENDIMENTO

Pesquisa não se funda em auto-contentamento nem manutenção do status quo.

Pesquisa pressupõe compromisso com a crítica – aos modelos hegemônicos, às metodologias sistematizadas, aos modismos temáticos e às políticas normativas.

Pesquisa é um exercício de instabilidade e risco, de discórdia e polêmica.

NO NOSSO ENTENDIMENTO

Pesquisa em grupo não ignora nem se submete ou se sobrepõe às pesquisas individuais dos que integram o grupo.

Pesquisa em grupo não é a soma de pesquisas individuais, mas a zona de transitividade em que se exercita a articulação entre elas para resultar na sua expansão criativa e criadora de um sistema outro.

NO NOSSO ENTENDIMENTO

Os indivíduos são pressuposto dos grupos, como o próprio exercício da pesquisa em grupo é pressuposto de um Programa de Pós-Graduação – pelo menos numa universidade pública federal, em que a autonomia docente não pode se confundir com independência e deve se construir pela institucionalização das atividades acadêmicas.

A diferença entre a pesquisa individual e a pesquisa em grupo é de natureza, não é de nível ou de grau (como bem pontua o professor Pasqualino Magnavita).

São diferentes processos investigativos, cujas naturezas de constituição são, portanto, instâncias de ocorrência deles e não etapas suas.

NO NOSSO ENTENDIMENTO

Um programa de pós-graduação não é um lugar, um depositório de produções isoladas e independentes, mas um ambiente instaurado pelas ações integradas e coerentes com as Linhas de Pesquisa existentes.

Um programa de pós-graduação é, por excelência, o ambiente da pesquisa universitária pois tanto lhe justifica quanto garante sua continuidade evolutiva e institucional.

NO NOSSO ENTENDIMENTO

As discordâncias de entendimento sobre tudo isso são desejáveis. Não devem ser silenciadas pelos consensos forjados nem pelas personalizações das diferenças.

NO NOSSO ENTENDIMENTO

Um sistema em crise é um sistema em expansão.

(2011)